Audiência pública discute construção de projeto de inclusão de línguas e culturas locais no currículo escolar

Escrito por Patrícia Cardoso
Categoria: NOTÍCIAS Criado: Terça, 27 Agosto 2019 16:27

Na semana em que a vedete é a Expointer, o Plenarinho da Assembleia Legislativa lotou com professores, pesquisadores, estudantes do Ensino Fundamental, vereadores e prefeitos de dez municípios para a audiência pública sobre a inclusão da disciplina “Línguas e Culturas Locais” no currículo escolar do Estado. Falantes de nove das 220 línguas indígenas e de imigração existentes no país uniram seus idiomas numa só direção: pedir apoio do Parlamento para que a demanda prospere, invertendo a tendência de morte das identidades locais.

Proponentes da audiência da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa e de regiões com forte imigração, os deputados Elton Weber (PSB) e Carlos Búrigo (MDB) se comprometeram a ajudar na construção do projeto, que vem sendo costurado pelo Colegiado Setorial da Diversidade Linguística do Rio Grande do Sul e organizações junto à órgãos estaduais.
A frente Colegiado Setorial da Diversidade Linguística do Rio Grande do Sul, o professor Cléo Altenhofen explica que a criação de uma disciplina irá salvaguardar línguas locais, sistematizar e regularizar experiências já em curso e fomentar a identidade local, além de colaborar para o turismo.

Os deputados se comprometeram a fazer o que estiver ao seu alcance para que o projeto possa chegar à Assembleia Legislativa ainda neste semestre. Em setembro, haverá uma reunião de trabalho. “Se não começarmos a trabalhar pela preservação das línguas nosso futuro está condenado. Tudo na história está ligado à linguagem”, analisa Weber.

 Durante o encontro, foram apresentadas experiências que estão ocorrendo em sala de aula em cidades como Camargo, Canguçu, Nova Hartz e Santa Maria do Herval. Representantes de grupos culturais de Caxias sugeriram a criação de um programa de salvaguarda do Talian, com preparação de instrutores, professores e prevendo até formas de contratação de docentes.
Para Búrigo, as iniciativas são essenciais para manutenção não só de línguas e culturas, mas também das tradições. Já a presidente da Comissão, deputado Sofia Cavedon (PT), disse que o projeto vem de encontro a construção de uma escola democrática, plural e inclusiva. A audiência pública terminou com a apresentação das alunas da Escola Municipal Carlos Moreira, de Canguçu, que cantaram um hino em pomerano, aplaudidas de pé.

Login de Usuário

Sistema de login restrito para abastecimento do portal.


Cadastre-se

Para receber os informativos

Elton Weber Deputado Estadual

  

Gabinete Parlamentar

( 51 ) 3210-2440

Rua Marechal Deodoro, 101 sala 804

Centro Histórico - Porto Alegre - RS

E-MAIL 

elton.weber@al.rs.gov.br

ww1.al.rs.gov.br/eltonweber