Sancionada lei de valorização da erva-mate gaúcha

Escrito por Patrícia Cardoso
Categoria: NOTÍCIAS Criado: Segunda, 05 Agosto 2019 20:43

Agora é lei. Com a sanção do governador Eduardo Leite, nesta segunda-feira (5), a Festa da Colheita da Erva-Mate passa a integrar o Calendário Oficial de Estado, valorizando a cadeia produtiva. O projeto é de autoria do deputado Elton Weber.

Pela Lei 15.306, a Festa ocorrerá anualmente, de forma itinerante nos polos regionais Planalto e Missões, Alto Uruguai, Nordeste Gaúcho, Alto Taquari e Vale do Taquari a partir de 2020. O Estado é líder na produção industrial e vice-líder no cultivo. No total, são 250 indústrias, 15 mil agricultores e 150 viveiristas, além de 14 mil empregos diretos e indiretos.

Presidente da Frente Parlamentar da Erva-Mate da Assembleia Legislativa, Weber destacou que a inclusão no calendário da abertura da colheita do erva-mate demonstra a importância social e econômica da cultura. Ele espera que o dia da abertura da colheita também seja um dia de debate. “Imaginamos um dia dedicado a discutir as questões da erva-mate, especialmente do agricultor, como, por exemplo, preços mínimos, zoneamento agrícola e financiamento. Enfim, tem muitas coisas a serem feitas e nossa intenção é colaborar.”

Lideranças do setor prestigiaram a sanção. Presidente da Aspemate (Associação dos Produtores de Erva-Mate do Alto Uruguai), Valdir Zonin, também representando o Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate), disse que a lei motiva os agricultores que trabalham com a cultura, presente em 250 municípios gaúchos. “A erva-mate que é nossa árvore símbolo, nossa cultura símbolo, tem destaque também pela questão não só cultural, social e ambiental, mas também pela questão econômica.”

Secretária Executiva no Sindicato da Indústria do Mate no Estado do Rio Grande do Sul (Sindimate), Izabel Paludo, avalia que a lei agrega ao movimento de expansão da comercialização do produto do Rio Grande do Sul, que chega hoje a 20 países, como Uruguai, Alemanha e Estados Unidos. “Eu entendo que é de suma importância, toda a cadeia produtiva ganha com esse incentivo político.”

Presente ao ato, o vice- prefeito de Viadutos, Giovan André Sperotto (MDB), vê na lei um estímulo aos 50 agricultores locais e três ervateiras do município, que tem 5,3 mil habitantes. “Nós precisamos de divulgação para que a gente possa mostrar o nosso produto. Estando no calendário oficial podemos ampliar o consumo da nossa erva-mate”, concluiu.


O calendário da Festa da Abertura da Colheita:


2020 – Ilópolis
2021 - Venâncio Aires
2022 - Novo Barreiro
2023 – Erechim
2024 – Machadinho
Fonte: Ibramate

Login de Usuário

Sistema de login restrito para abastecimento do portal.


Cadastre-se

Para receber os informativos

Elton Weber Deputado Estadual

  

Gabinete Parlamentar

( 51 ) 3210-2440

Rua Marechal Deodoro, 101 sala 804

Centro Histórico - Porto Alegre - RS

E-MAIL 

elton.weber@al.rs.gov.br

ww1.al.rs.gov.br/eltonweber